sábado, 28 de novembro de 2015

Sobre ela

Um misto de alegria e frustração resumiu aquela manhã de terça-feira. Ela lembrava de quem nunca mais havia visto e lamentava por saber que não mais o presenciaria. Contudo, a vida que ora é feita de pontadas de crueldade ora de doçura, fez-se gentil. Revelando, quase que instantaneamente, em real a imagem que se perdia no pensamento. Ela sorriu disfarçadamente sem acreditar em tamanha coincidência. E nesse momento as vidas assim foram tomando seus caminhos na mesma direção, mas sem se cruzar, sem se corresponder. Um real-fictício existente em um só coração. Então, ela continuou a sorrir aliviada, feliz e frustrada. 

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Siga esse som...


"Siga esse som" de novembro embarca na doce e suave voz de Bruna Caram.

"Essa Menina"
(Otávio Toledo)

Essa menina
É tão indiferente
Fala com a gente
E nem sequer olha no olhar
Sua boca me convém
Seus olhos não me vêem
Estou cansado de esperar

Essa menina
Ainda tem o troco
Me deixou louco
De tanto imaginar
Que seus olhos não me vêem 
Sua boca me convém
Estou cansado de esperar