quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Siga esse som...

Novembro meio  parado, mas me fez lembrar de um som antes já escutado. Para acompanhar este mês segue, no Siga esse som, Brunno Monteiro.

Novo Modo
(Brunno Monteiro)

Quando acabou a luz
E nossas mãos desceram frouxas

As folhas encobrindo as ruas
E pedras atrasando o nosso andar

Dono do meu próprio barco
Fui procurar o meu caminho
Fiz que esqueci
Mas você fica, sempre fica
Ecoando...

Entre sins e não talvez
Precise mudar
Para me encaixar
É o que eu tenho pra lhe dar
Meu novo modo de amar

Percurso curto,
Do abraço ao seu pescoço

Turbulências são apenas
Nuvens no caminho
Depois da tempestade a estrada continua
E a saudade...

E sem meus erros, o que eu seria?
E sem romper eu estaria
Na mesma velha via, que seguia
E nos consumia...

Entre sins e nãos talvez
Eu tente encontrar
Um lugar onde o azul
Não fique só no mar
E me solte pelo ar

Entre sins e não talvez
Precise mudar
Para me encaixar
É o que eu tenho pra lhe dar
Meu novo modo de amar

Preciso ter, preciso ser
Preciso ver, preciso de você...


Mais Brunno Monteiro em:

sábado, 15 de novembro de 2014

iuuuupiiiiii

Hoje é um dia muito especial, o dia em que a espera de 12 anos terminou. Ansiedade e felicidade se misturam e tornam as letras das canções ainda mais especiais. Pato Fu em São Luís com o Música de Brinquedo mais o Giramundo é de lavar a alma e o coração. Let's vamos!