sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Siga esse som...

Para dezembro, Thiago Pethit com a música "O último a saber":

O Último A Saber

Thiago Pethit

Ando pelas ruas
Meus sapatos gostam do asfalto
Tenho as mãos geladas
No meu bolso levo teu nome no verso
Atravesso a noite
A manhã se esfrega nos meus olhos
Danço em falso
Como se fosse o último a saber de mim
Tudo vai mudar

Muito fofa, né?!;)

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

A amizade

Desde os tempos mais remotos, o homem sente a necessidade de se relacionar. Entrando em contato com outros seres, sendo possível expressar opiniões, ideias, compartilhar alegrias e tristezas.

A partir desta necessidade surgiu a figura do amigo. Um ser em que se encontra características, pensamentos, escolhas, desejos e objetivos que podem ser compatíveis ou não com as dos que necessitam.

Quando duas crianças se veem pela primeira vez, na  escola ou no parque, não é preciso muito tempo para que estejam brincando como se já se conhecessem. Para que uma verdadeira amizade aconteça basta sermos o que, de fato, somos.

Em "O Pequeno Príncipe", a raposa diz ao principizinho: "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas". Quando se cativa é preciso assumir a responsabilidade de cuidar e preservar esse bem tão importante. Entretanto, as pessoas esqueceram disso.

A amizade vem sendo vista como uma maneira de se obter vantagens, deixando a ternura, a compreensão e o companheirismo de lado. Muitas vezes, não valorizamos as amizades que temos e utilizamos do egoísmo e do individualismo para viver.

Então, resta-nos relembrar a infância para reaprender a cultivar e reconhecer a verdadeira importância da amizade.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Brasileirão 2011.

Não foi dessa vez, mas 2011 foi um ano muito importante para o Vasco. Diante das dificuldades e dos momentos tristes soubemos superá-los e acabamos por mostrar que o Gigante da Colina está de volta, com mais garra, determinação e com a sua grande e maravilhosa torcida reconquistada e mais apaixonada.

Aos que, como eu, nunca deixou de acreditar no potencial cruzmaltino fica a certeza de que em breve estaremos comemorando mais títulos. Em 2011 tivemos o prazer de soltar o grito de 'É CAMPEÃO' com a Copa do Brasil garantindo vaga na Libertadores 2012, fomos o único time brasileiro à chegar, pelo menos, na semifinal da sul-americana e ficamos em segundo no Brasileirão.

Não vencemos a Sul-americana e nem o Brasileirão, competições que ocorreram paralelamente. Mas vimos nossos guerreiros lutarem até o fim, vimos a satisfação nos olhos daqueles que acreditaram, vimos sorrisos, vimos lágrimas de alegria, de tristeza e de emoção.

O importante é que lutamos, enfrentamos desafios com coragem, prontos para o que viesse. Não desistimos, não fracassamos. Aprendemos muito. Aprendemos a confiar, acreditar e a ver que cada pequeno passo é válido.

As críticas e as opiniões alheias sempre existirão, resta-nos saber filtrá-las. E continuar caminhando. Em 2012, que venha Libertadores, Brasileirão, Carioca, enfim... estaremos prontos.